Bruno E Marrone

Letra de Noite De Azar

Letras de Bruno E Marrone

"Noite De Azar"

Calça amarrotada, bafo de cachaça
Batom na camisa
Um cheiro de perfume falso
E a aliança nem sei onde está
Como vou esconder o arranhão no pescoço
E o salário do mês que sumiu do meu bolso
Se ela desconfiar e perguntar se eu traí
É claro que eu vou mentir
O arranhão foi com caco
O dinheiro, a aliança roubaram
A calça rasgada
O batom na camisa, nem falo
Entre perdas e danos
Não esqueci que te amo
E comprei uma flor pra você
Foi uma noite de azar
Sobrevivi pra contar
Foi uma noite de azar
Não me pergunte mais nada
Que eu choro só de lembrar
Foi uma noite de azar
Sobrevivi pra contar
Foi uma noite de azar
Não me pergunte mais nada
Que eu choro só de lembrar
Como vou esconder o arranhão no pescoço
E o salário do mês que sumiu do meu bolso
Se ela desconfiar e perguntar se eu traí
É claro que eu vou mentir
O arranhão foi com caco
O dinheiro, a aliança roubaram
A calça rasgada
O batom na camisa, nem falo
Entre perdas e danos
Não esqueci que te amo
E comprei uma flor pra você
Foi uma noite de azar
Sobrevivi pra contar
Foi uma noite de azar
Não me pergunte mais nada
Que eu choro só de lembrar
Foi uma noite de azar
Sobrevivi pra contar
Foi uma noite de azar
Não me pergunte mais nada
Que eu choro só de lembrar