Cartola

Letra de Que Sejam Benvindos

Letras de Cartola

"Que Sejam Benvindos"

Por Deus, não posso entender
Porque vamos chorando
Se os nossos cicerones
São aves cantando

Lateralmente as flores
Deitam aroma sorrindo
E ouço da natureza
Que sejam bem-vindos

O vento de quando em quando
Num sussuro sereno
Obriga toda a floresta
A nos fazer aceno

E um festival de alegria
Que me põe a imaginar
Não sei se devemos rir
Ou Chorar