Moacyr Franco

Letra de Um Cavaleiro No Escuro

Letras de Moacyr Franco

"Um Cavaleiro No Escuro"

Um céu de estrelas
Lembrou teus olhos
Deitada junto de mim.

E a fogueira
E eu sozinho
Deito meu pranto no capim.

Um céu de estrelas
Lembrou teus olhos
Deitada junto de mim.

E a fogueira
E eu sozinho
Deito meu pranto no capim.

Olhos negros
Que saudade de ti.

Os olhos dela
Na minha cela
Meu travesseiro sonhador.

Meu telhado
Tão estrelado
Solidão não dá pra cobertor.

Os olhos dela
Na minha cela
Meu travesseiro sonhador.

Meu telhado
Tão estrelado
Solidão não dá pra cobertor.

Olhos negros
Que saudade de ti.

Manhã chegando
Vou cavalgando
O rio chega lá por mim.

Sem destino
Eu sou menino
Que a vida seja estrada até o fim.

Manhã chegando
Vou cavalgando
O rio chega lá por mim.

Sem destino
Eu sou menino
Que a vida seja estrada até o fim.

Olhos negros
Que saudade de ti.