João Bosco & Vinícius

Letra de Bebida e Fumaça (Ao Vivo)

Letras de João Bosco & Vinícius

"Bebida e Fumaça (Ao Vivo)"

Esse pen drive só tem moda que maltrata
Nessa cidade tudo já perdeu a graça
Sem você, nada a ver
Não vai dar pra ficar, te esperar
Esse relógio que não conta as horas

Essa saudade bate no copo e volta pra minha boca
A bebida sobe e eu já quero descer sua roupa
Fazer amor a noite toda
Como antigamente

Tô na mistura da bebida com a fumaça
Se não resolve, ameniza, um dia passa
Deixa eu sofrer
Deixa eu beber

Tô na mistura da bebida com a fumaça
Se não resolve, ameniza, um dia passa
Deixa eu sofrer
Deixa eu beber
Essa saudade estampada na minha cara em homenagem a você