Ney Matogrosso

Letra de De papo pro ar

Letras de Ney Matogrosso

"De papo pro ar"

Não quero outra vida 
Pescando no rio de Gereré
Tem um peixe bom
Tem siri patola
De dá com o pé

Eu não quero outra vida 
Pescando no rio de Gereré
Tem um peixe bom
Tem siri patola
De dá com o pé

Quando no terreiro
Faz noite de luar
E vem a saudade
Me atormentá
Eu me vingo dela
Tocando viola
De papo pro ar

Se ganho na feira
Feijão, rapadura,
Pra que trabalhar
Eu gosto do rancho
O homem não deve
Se amofinar
Se ganho na feira
Feijão, rapadura,
Pra que trabalhar
Eu gosto do rancho
O homem não deve
Se amofinar

Quando no terreiro
Faz noite de luar
E vem a saudade
Me atormentá
Eu me vingo dela
Tocando viola
De papo pro ar

Não quero outra vida 
Pescando no rio de Gereré
Tem um peixe bom
Tem siri patola
De dá com o pé

Eu não quero outra vida 
Pescando no rio de Gereré
Tem um peixe bom
Tem siri patola
De dá com o pé

Quando no terreiro
Faz noite de luar
E vem a saudade
Me atormentá
Eu me vingo dela
Tocando viola
De papo pro ar
CONTINUAR