Alejandro Sanz

Letra de Aquello que me diste

Letras de Alejandro Sanz

"Aquello que me diste"

Inmensas tempestades, tu mano y la mía.
 Tienes algo... no sé qué es.
 Hay tanto de melódico en tu fantasía
 y un toque de misterio, mi límite.
 Conservo algún recuerdo que no debería,
 lo sé, ¿qué puedo hacer?
 A todos nos ocurre la monotonía
 nos gana la batalla, alguna vez, alguna vez, alguna vez, alguna vez..
 
 Por eso, vida mía, por el día a día, 
 por enseñarme a ver el cielo más azul, 
 por ser mi compañera y darme tu energía;
 no cabe en una vida mi gratitud 
 Por aguantar mis malos ratos y manías, 
 por conservar secretos en ningún baúl.
 Quiero ser por una vez, capaz de ganar y de perder.
 
 Perdona si me ves perder la compostura.
 En serio te agradezco que hayas sido mía.
 Si ves que mi canción acaso no resulta,
 avísame y recojo la melancolía, melancolía.
 
 Te dejaré una ilusión, 
 envuelta en una promesa de eterna pasión; 
 una esperanza pintada en un mar de cartón;
 un mundo nuevo que sigue dónde un día lo pusiste.
 Tú eres esa mujer por quien me siento ese hombre
 capaz de querer, 
 viviendo cada segundo la primera vez,
 sabiendo que me quisiste y todo aquello que me diste.
 
 Conserva mi recuerdo de piratería. 
 Derrama los secretos: abre aquel baúl.
 Sigamos siendo cómplices en compañía,
 de aquello que me diste bajo el cielo azul.
 Por aguantar mis malos ratos y manías,
 por conservar secretos que me guardas tú.
 Quiero ser por una vez, capaz de ganar y de perder.
 
 Perdón si alguna vez guardé la compostura.
 No sabes lo que ha sido que hayas sido mía.
 Comprendo que agotaste toda tu dulzura,
 pero no me pidas, niña, la melancolía, melancolía.
 
 Te dejaré una ilusión,
 envuelta en una promesa de eterna pasión;
 una esperanza pintada en un mar de cartón;
 un mundo nuevo que sigue dónde un día lo pusiste.
 Tú eres esa mujer por quien me siento ese hombre
 capaz de querer 
 y vivo cada segundo la primera vez,
 sabiendo que me quisiste y todo aquello que me diste.
 
 ...un mundo nuevo que sigue donde un día lo pusiste.
 Tú eres esa mujer por quien me siento ese hombre
 capaz de querer 
 y vivo cada segundo la primera vez,
 sabiendo que me quisiste y todo aquello que me diste.
 
 
 
           "Aquilo que me disse"
 
 Imensas tempestades sua mão e a minha
 Você tem algo... não sei o que é.
 Ha tanto de melodico na sua fantasia
 E um toque de mistério, meu limite
 Conservo alguma lembrança que não deveria
 Não sei, o que pode ser?
 A todos nós ocorre a monotonia
 Mas ganha a batalha, alguma vez..
 
 Por isso vida minha, pelo dia-a-dia, por me ensinar a
 ver
 o céu mais azul,por ser minha companheira e me dar sua
 energia
 Não cabe em uma vida minha gratitude
 Por aguentar meu maus momentos e minhas manias
 Por conservar segredos em algum baú.
 Quero ser por uma vez, capaz de ganhar e de perder.
 
 Perdoa se me viu perder a compostura.
 Te agradeço que tenhas sido minha.
 Se vês que a minha canção por acaso não tem
 resultado,
 Avisa-me e recorro a melancolía... melancolía.
 
 Te deixarei uma ilusão, Envolta em uma promessa de
 eterna paixão
 Uma esperança pintada em um mar de cartão;
 Um mundo novo que segue, onde sua mão colocas-te.
 Você é essa mulher, por quem me sinto esse homem
 Capaz de querer, viviendo cada segundo a primera vez,
 Sabendo que me quis e tudo aquilo que disse .
 
 Conserva minha lembrança de *pirataria*.
 Derrama os segredos: abre aquele baú.
 Sigamos sendo complices em companhia,
 Daquilo que me disse em baixo ao céu azul.
 Por aguentar meu maus momentos e minhas manias
 Por conservar segredos em algum baú.
 Quero ser por uma vez, capaz de ganhar e de perder.
 
 Perdao se alguma vez perdi a compostura.
 não sabes te agradeço, que tenhas sido minha.
 Compreendo que se esgotou toda tua doçura,
 Mas não me peça, menina, a melancolía..., melancolía.
 
 Te deixarei uma ilusão, Envolta em uma promessa de
 eterna paixão
 Uma esperança pintada em um mar de cartão;
 Um mundo novo que segue, onde sua mão o colocas-te.
 Você é essa mulher, por quem me sinto esse homem
 Capaz de querer, viviendo cada segundo a primera vez,
 Sabendo que me quis e tudo aquilo que disse .
 
 ........Um mundo novo que segue, onde um sua mão o
 colocas-te.
 Você é essa mulher, por quem me sinto esse homem
 Capaz de querer, viviendo cada segundo a primera vez,
 Sabendo que me quis e tudo aquilo que disse .
CONTINUAR