Paula Fernandes

Letra de Vagalumes

Letras de Paula Fernandes

"Vagalumes"

Vagalumes brilhavam nas estrelas
Tentavam comovê-las, apaixonadamente
Essa história começa quando um dia
Senti sua magia
Pulsando em minha frente

Alegria e medo se juntaram
Dentro do meu peito onde um coração
Não sabia o que havia acontecido mas aquilo
Só podia ser paixão
Amores que se acendem
Ao céu azul se rendem
Mistérios e perfumes
Dos seres vagalumes
Que fazem da noite
O seu sertão cercado de beleza e luzes...

Alegria e medo se juntaram
Dentro do meu peito onde um
Coração não sabia o que havia acontecido mas
Aquilo só podia ser paixão
Amores que se acendem
Ao céu azul se rendem
Mistérios e perfumes
Dos seres vagalumes
Que fazem da noite
O seu sertão cercado de beleza e luzes...

Amores que se acendem
Ao céu azul se rendem
Mistérios e perfumes
Dos seres vagalumes
Que fazem da noite
O seu sertão cercado de beleza e luzes...